Mostrando postagens com marcador Baú Novo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Baú Novo. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 12 de março de 2014

Baú Novo - Grito EP (2013)


Independentes, alternativos e autorais. A banda goiana Baú Novo acaba de lançar o clipe da música de trabalho, intitulado GRITO, nome também do primeiro EP com quatro músicas, lançadas na internet em dezembro de 2013. A escolha de lançar o mini álbum com selo próprio foi para garantir a independência na divulgação das canções que levam mensagens críticas sobre a sociedade moderna, muitas vezes intolerante com a diversidade.O disco pode ser baixado pelo iTunes e na própria página da banda no Facebook (facebook.com/baunovo).

Adeptos ao samba, o grupo não se restringe ao tradicionalismo do estilo. A banda acredita que o samba representa a cultura brasileira, além de ser um ritmo democrático, que aborda desde questões sociais até dilemas amorosos. À margem deste gênero estão os demais estilos musicais, existentes dentro e fora do país, que o grupo utiliza no processo criativo das composições, uma mistura que o Baú Novo denomina “samba alternativo”.

Dois mineiros, um brasiliense, um goiano e um recifense compõem a banda formada em abril de 2012. De lá para cá, o grupo participou de projetos especiais e festivais de composições, sendo eles: 5º Festival Anapolino de Música (FAMU-2013), em Anápolis, Studio Bouga Festival (2013), em Goiânia, 2º Brasil Park Festival (2012), em Anápolis e o Breakout Brasil (2012), que ocorreu na internet, promovido por um canal de televisão fechado. Dentre os festivais, o destaque vai para a classificação da música “Grito” no São Paulo Exposamba deste ano, o maior evento do gênero no país.

Atualmente, a banda conta com mais de 20 músicas próprias, sendo quatro lançadas nesse primeiro EP. As canções abordam temáticas variadas, dentre elas, a busca pela liberdade humana e as complexas relações sociais e afetivas, de um modo geral. Deny Robert, nascido em Belo Horizonte, assume os vocais ao lado de Katia Helenice, de Paracatu. À frente do violão está o brasiliense Pedro Jordão. Anderson Vinícius, de Goiás, comanda o cavaco. A percussão geral fica por conta do recifense Waguinho PG.


Download: Grito



)