Mostrando postagens com marcador Bezerra da Silva. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Bezerra da Silva. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Bezerra da Silva: O Samba Malandro de Bezerra da Silva (2005)




Bezerra da Silva (1927-2005) foi a voz do pobre, favelado, mas também do malandro esperto. Politicamente incorreto, escolhia pessoalmente os sambas que gravava, normalmente de autores desconhecidos oriundos da periferia carioca. Eram músicas recheadas de humor ácido que faziam denúncias sociais, descreviam o cotidiano dos pobres e criticavam a criminalização de drogas como a maconha. Excelente intérprete, com uma técnica perfeita na divisão rítmica do samba, ele tem agora o melhor de sua obra reunida em 4 CDs temáticos nesta caixa. Certo? Certíssimo! Rodrigo Faour


CD 1
EU SOU FAVELA
A voz dos excluídos – partideiro sem nó na garganta
1. Eu sou favela (Noca da Portela/Sergio Mosca) (1992)
2. Se não fosse a ajuda da rapaziada (Rabanada/Bolão) (1992)
3. Saudação às favelas (Pedro Butina/Sergio Fernandes) (1985)
4. Produto do morro (Eliezer da Ponte/Walter Coragem) (1983)
5. Candidato Caô Caô (Pedro Butina/Walter Meninão) (1988)
6. Partideiro sem nó na garganta (Franco Teixeira/Adelzonilton/Nilo Dias) (1992)
7. É esse aí que é o homem (Felipão/Bezerra da Silva) (1984)
8. Quando o morcego doar sangue (Cosme Diniz/Rosemberg) (1990)
9. Vítimas da sociedade (Crioulo Doido/Bezerra da Silva) (1985)
10. Pena de morte (Nilson Reza Forte/Bimba do Tavares Bastos) (1991)
11. Vida de operário (Ney Alberto/Romildo/Edson Show) (1988)
12. Assombração de barraco (Presidente caô caô) (José Carlos/Elson Gente Boa) (1992)
13. Violência gera violência (Grilo/Sérgio Fernandes/Reynaldo) (1988)
14. Compositores de verdade (Romildo/Edson Show/Naval) (1986)


CD 2
MALANDRO É MALANDRO, MANÉ É MANÉ
Os “irmãozinhos” e os “cagüetes”
1. Malandro rife (Otacílio/Ary do Cavaco) (1985)
2. Defunto cagüete (Adelzonilton/Ubirajara Lúcio/Franco Teixeira) (1984)
3. Bicho feroz (Tonho/Claudio Inspiração) (1985)
4. Os federais estão te filmando (Silva Junior) (1993)
5. É o bicho é o bicho (Adelzonilton/Simões PQD) (1989)
6. Grampeado com muita moral (Adelzonilton/Carnaval/Moacir da Silva) (1992)
7. Na hora da dura (Beto Pernada/Simões PQD) (1987)
8. Defunto grampeado (Evandro do Galo/Pedro Butina) (1986)
9. As 40 DPs (Gil de Carvalho) (1989)
10. Fofoqueiro é a imagem do cão (Edson Show/Wilsinho Saravá/Romildo) (1987)
11. Meu bom juiz (Beto Sem Braço/Serginho Meriti) (1986)
12. Eu não sou santo (Adelzonilton/Nilo Dias/Crioulo Doido) (1990)
13. Preconceito de cor (G. Martins/Naval) (1987)
14. Ele cagueta com o dedão do pé (Pinga/ Cláudio Inspiração/ Zaba) (1996)


CD 3
COCADA PRETA E BRANCA NO TERREIRO
As drogas e os feitiços na favela
1. Malandragem dá um tempo (Popular P./Adelzonilton/Moacyr Bombeiro) (1986)
2. São Murungar (Nilo Dias/Adelzonilton/Crioulo Doido) (1987)
3. A semente (Walmir da Purificação/Tião Miranda/Roinho/Felipão) (1987)
4. Pai Véio 171 (Luiz Moreno/Geraldo Gomes) (1983)
5. Nunca vi ninguém dá dois em nada (Caboré/Pinga/Menilson) (1983)
6. O preto e o branco (Carlinhos Russo/Zezinho do Valle/J. Laureano) (1990)
7. Nariz de bronze (Cláudio Inspiração/Tonho Magrinho) (1992)
8. Vovô Tira-tira (Pedro Butina/Guilherme do Ponto Chic) (1990)
9. Garrafada do norte (Edson Show/Wilsinho Saravá/Roxinho) (1992)
10. Zé Fofinho de Ogum (Dario Augusto/Embratel do Pandeiro) (1985)
11. Arruda de guiné (ao vivo) (Bira do Cavaco/Rubens da Vila/Velho Bira) – com Stênio Barcellos (1999)
12. Cabeça pra vovó (Murilo/Bezerra da Silva) (1980)
13. Overdose de cocada (Dinho/Ivan Mendonça) (1993)
14. Se Leonardo dá vinte… (ao vivo) (G. Martins/Walter Coragem/Bezerra da Silva) (1999)



CD 4
CORNOS, PIRANHAS, SOGRAS, PASTORES E OUTROS MANÉS
Provando e comprovando sua versatilidade em diversos temas
1. Seqüestraram minha sogra (Rodi do Jacarezinho/Sarabanda/Barbeirinho do Jacarezinho) (1991)
2. Na aba (Ney Silva/ Trambique/Paulinho Correia) (1982)
3. Viúva de seis (Efson) (1980)
4. A necessidade (ao vivo) (Jorge Garcia/ José Garcia) – com Stênio Barcellos (1999)
5. Quem usa antena é televisão (Pinga/Celsinho da Barra Funda) (1986)
6. Minha sogra parece sapatão (1000tinho/Tião Miranda/Roxinho) (1983)
7. Vizinha faladeira (Ismael Camillo) (1982)
8. Pode acreditar em mim (Adelzonilton) (1981)
9. Vou lhe dar uma colher (Carnaval) (1983)
10. Sai encosto (J. Canseira/ Marimbondo) (1996)
11. Pastor trambiqueiro (Zaba) (1991)
12. Foi o Dr. Delegado que disse (Caboré/Pinga/Jorge Portela) (1984)
13. Lugar macabro (Efson/Wilson Medeiros) (1979)
14. Os três pagodeiros do Rio (Dicró/Wilsinho Saravá/Edson Show) – com Dicró e Moreira da Silva (1995)