Mostrando postagens com marcador Criolo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Criolo. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Criolo - Convoque Seu Buda (2014)




Por Luciana Rabassallo

Nasceu! Um dos discos mais aguardados de 2014, Convoque Seu Buda, terceiro registro de estúdio do rapper Criolo, foi disponibilizado para audição e download gratuito na noite desta segunda-feira, 3, sem aviso, pompa ou firula. Com 10 faixas, entre elas “Duas de Cinco”, que já havia saído no EP de mesmo nome, lançado em 2013, o álbum é uma nova imersão do músico no que mais popular há na música brasileira. Rap, samba, rock, reggae e forró são alguns dos gêneros pelos quais Criolo transita com leveza e naturalidade no disco.


Produzido por Daniel Ganjaman e Marcelo Cabral, Convoque Seu Buda foi gravado no estúdio El Rocha, na zona oeste de São Paulo, entre o fim de julho e o início de setembro. O álbum, mixado por Mario Caldato Jr. e masterizado por Robert Carranza, em Los Angeles, conta com participações de Kiko Dinucci, Juçara Marçal, Tulipa Ruiz, Neto, do grupo Síntese, e Rodrigo Campos, com destaque para Money Mark - produtor e colaborador dos Beastie Boys. Além do lançamento no Brasil, o trabalho foi divulgado simultaneamente na Europa – pelo selo Sterns Music - e nos Estados Unidos – pelo selo Circular Moves.

Em entrevista publicada na edição 97/setembro da revista Rolling Stone Brasil, o rapper falou sobre o disco: “Você tem que sorrir, mas pode sorrir até certo tanto”, explica Criolo, sobre a maneira como o terceiro álbum refletirá tudo o que aconteceu com ele nos últimos anos. “Todo mundo fala de um sorriso largo, que isso contagia. Ao mesmo tempo, se você parar para pensar, o sorriso parece ter o prazo de alguns segundos.”


As comparações com os dois álbuns anteriores, Ainda Há Tempo (2008), gravado aos poucos e praticamente sem recursos, e o reconhecido Nó Na Orelha (2011), aclamado pelo público e pela crítica, são inevitáveis. Enquanto os fãs de rap esperavam uma sonoridade mais “pesada”, pauta em beats graves e rimas diretas como as de Ainda Há Tempo, Convoque Seu Buda exala o amadurecimento de Criolo como músico e decreta que não há barreiras musicais para o trabalho dele.


“Convoque Seu Buda”, “Esquiva da Esgrima” e “Plano de Voo”, além da já citada Duas de Cinco”, são as canções que carregam a origem artística de Criolo. Nas quatro faixas, ele rima sobre as desocupações violentas que aconteceram em São Paulo este ano, cita ídolos como Black Alien, Ferréz, Sartre, Nietzsche, Sabotage e Perrenoud, além de mostrar a insatisfação dele com a sociedade consumista e a preocupação com os irmãozinhos que estão nas ruas por conta da expansão imobiliária.


Assim como em Nó Na Orelha, o novo trabalho também carrega um samba e um reggae. “Fermento Pra Massa”, que tem arranjos de Kiko Dinucci e Rodrigo Campos, fala sobre a falta de pão na padaria por conta de uma greve de ônibus na cidade, que impossibilitou a ida do padeiro ao trabalho. Já o reggae “Pé de Breque”, que lembra muito “Samba Sambei”, do disco anterior, é uma ode ao estilo de vida pregado pelo Movimento Rastafári.
.

O grande destaque do álbum, contudo, é uma parceria entre Criolo e a cantora Tulipa Ruiz. Em “Cartão de Visita”, o mote gira em torno do dinheiro: MC Lon, expoente do funk ostentação, e Thassia, blogueira de moda teen, são citados na letra como jovens que souberam aproveitar a veia consumista da geração deles, enquanto o refrão retrata um garoto pedindo dinheiro no farol.

Mas as citações não param por aí. No meio da canção, Criolo, com voz empostada, solta a seguinte frase: "A alma flutua/ Leite a criança quer beber/ Lázaro, alguém nos ajude a entender", referindo-se a uma entrevista dada por ele ao apresentador Lázaro Ramos e que virou motivo de piada na internet por conta do discurso pouco claro de Criolo.

As novidades de Convoque Seu Buda ficam por conta do baião dançante “Pegue Pra Ela”, que poderia estar em um disco do Instituto, projeto capitaneado por Ganjaman, Rica Amabis e Tejo Damasceno, ao lado de “Fio De Prumo (Padê Onã), outro forró com participação de Juçara Marçal e letra de Douglas Germano.

Download: Convoque seu Buda